Este blog pretende apresentar o trabalho desenvolvido em cada um dos módulos da disciplina de Matemática Aplicada, e estimular os alunos para o estudo da mesma de acordo com o programa dos Cursos de Educação e Formação (CEF), nível dois.
Sexta-feira, 27 de Outubro de 2006
Teste de Avaliação (Geometria Intuitiva)
MATEMÁTICA APLICADA
Curso de Educação e Formação ( CEF )
Ano Lectivo  2006 / 2007
 
1. Para cada um dos triângulos determine a amplitude dos ângulos desconhecidos e classifique-o quanto aos comprimentos dos lados.
        
 1.1                                                                             1.2
             
 
1.3                                                                         1.4
      
        
 
2. Para cada um dos quadriláteros determine a amplitude dos ângulos desconhecidos.
2.1                                                      2.2
         
 
3.
  
 
4. Determine a área da parte colorida (trapézio escaleno).                     
                     8cm
 
5. Completa:
 
6. Constrói em cartolina uma fatia de queijo dos Açores com as dimensões indicadas na figura.
 

Bom Trabalho
Jorge Correia


publicado por saberpensar às 21:36
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006
Dos Números às Equações

Os Números

Nada melhor do que começar com uma Música cujo título é "NÚMEROS!!!"

http://www.youtube.com/watch?v=0HKQsrSSLUY

 

Qual a lógica que está por detrás dos números árabes?

O número de  ÂNGULOS!!!

O número um tem um ângulo.

O número dois tem dois ângulos.

...

O número zero não tem ângulos.

 

      A evolução da Matemática e a evolução da Civilização estão relacionadas. Por isso, os números foram aparecendo tendo em conta as necessidades do Homem. É óbvio que os números inteiros positivos aparecem primeiro que os fraccionários, que o zero ou os negativos. A necessidade de contar e de efectuar cálculos levou a que o homem construísse instrumentos para esse efeito.

 

http://www.youtube.com/watch?v=13PiOu0mY7s

 

http://www.youtube.com/watch?v=uTrFtjTnI8A

 

http://www.youtube.com/watch?v=RKZdp7Bp30c

Os números fraccionários (exercícios):

http://www.genmagic.org/mates2/fraccio_cas.swf

 

A Matemática (números fraccionários) e a Música:

http://www.youtube.com/watch?v=7S3iW_sbqsA

 

   O ábaco mais conhecido desenvolveu-se China, no século VI. Com introdução dos números árabes, o ábaco começou a entrar em declínio.

  

   A régua de cálculo, ainda hoje utilizada em engenharia, permite efectuar subtracções, somas, multiplicações e divisões. 

 

   A 1º máquina calculadora foi construída em 1642 pelo matemático Pascal, para ajudar o pai nos cálculos da sua repartição de impostos (este sistema é aplicado nos conta-quilómetros dos automóveis actuais). Nos dias de hoje temos os computadores.

 

  

   Hoje em dia ninguém põe em causa a importância dos números nas nossa vidas. Presentes em cálculos necessários para a resolução de problemas do nosso dia-a-dia, eles regem a economia familiar, a economia mundial e influenciam directamente o comportamento humano, seja nos ponteiros do relógio ou na contagem dos dias e anos.

 


As Equações

   A álgebra é o  ramo da matemática que relaciona os números, as variáveis (incógnitas) e as operações. Na apresentação e resolução de alguns problemas recorre-se muitas das vezes a expressões algébricas, ou seja, a expressões onde figuram letras, a par de números e operações. Á igualdade entre duas expressões algébricas chama-mos equação.

   As equações são estudadas há muitos séculos antes de Cristo. Elas apareceram para resolver problemas do dia-a-dia ou para desenvolver a argúcia e a inteligência de quem os propunha e de quem os tentava resolver.

 

   As equações não tinham o aspecto que hoje em dia apresentam. A forma actual foi o resultado de muitos séculos de evolução dos símbolos matemáticos. Só no século XVIII, Viète e Descartes introduziram a notação simbólica.

 

   Exemplo de equações encontradas num Papiro de Rhind (1650 a. C.), copiado por um escriba egípcio de nome Ahmes a partir de um documento escrito 200 anos antes!

 

Exercício:

Pensa num número qualquer.

Calcula o dobro desse número.

Adiciona agora seis unidades.

Calcula metade do valor obtido.

Adiciona duas unidades.

Calcula a diferença entre o resultado obtido e o número pensado inicialmente.

O resultado final é cinco.  Porquê?

 

A justificação é dada com a ajuda das expressões algébricas.

 

Resolução de equações do 1º grau.

 http://www.genmagic.org/mates2/eq1_cast.swf"

 

Material necessário para o módulo de "Geometria Intuitiva":
   máquina de calcular científica ou gráfica

A avaliação desta unidade vai ter em conta:
* um teste escrito com a duração de uma hora e meia. 
* a realização dos trabalhos de casa e a capacidade de resolução dos problemas propostas na sala de aula.

Sugestões de endereços onde Pesquisa na Net



publicado por saberpensar às 19:21
link do post | comentar | favorito

Domingo, 1 de Outubro de 2006
Ficha de Trabalho de "Geometria Intuitiva"
Ficha de Trabalho
CEF             Ano Lectivo:    2006 / 2007
 
QUADRADO
Área do Quadrado = lado x lado
Nota:   é a área correspondente a um quadrado com 1m de lado.
 
Exercícios:
  1. Calcula a área do quadrado com 10 dm de lado.
 
 
  1. Calcula a área do quadrado com 100 cm de lado.
 
 
 Conclusão:
   Como 1m = 10dm = 100cm, podemos concluir que nestes dois exercícios anteriores estamos a falar do mesmo quadrado, ou seja, que têm a mesma área.

 

 

 

 
RECTÂNGULO
Exercício 3: Considera o seguinte rectângulo:
sabendo que  o quadrado   tem 1.
 
a)      Indica qual a área do rectângulo dado, contando unicamente o número de quadrados.
 
 
b)      Calcula a área do rectângulo sem contar os quadrados (o resultado tem que dar o mesmo da alínea anterior).
 
 
Conclusão:
A fórmula matemática correspondente à área do rectângulo é ______
 
 TRIÂNGULO
 Observa o rectângulo [ABCD] :

A área da região colorida do rectângulo é igual à área da região branca do rectângulo.
 
Conclusão:
A fórmula matemática correspondente à área do triângulo é _______
 
 Exercício 4: Calcula a área do triângulo dado.
       
 
 CUBO
Volume do cubo = aresta x aresta x aresta
Nota:  corresponde ao volume de um cubo com 1m de aresta (ou altura).
 
Exercícios:

5. Calcula o volume do cubo em que cada aresta mede 10 dm.

 
 
 

6. Calcula o volume do cubo em que cada aresta mede 100 cm.

 
 
 
Conclusão:
   Como 1m = 10dm = 100cm, podemos concluir que nestes dois exercícios anteriores estamos a falar do mesmo cubo (pois têm a mesma aresta), ou seja, que têm o mesmo volume.
 
 

Bom Trabalho
Jorge Correia


publicado por saberpensar às 22:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


posts recentes

Funções

Aproximações e Inequações

Filmes (MATEMÁTICA)

1º Teste (Módulo: Triângu...

Triângulo Rectângulo

PLANIFICAÇÃO (Ano Lectivo...

Final do Ano Lectivo 2006...

Probabilidades: problemas...

Teste de Avaliação (Es...

Trabalho realizado no Exc...

arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds